ESTRADA INTRAFEGÁVEL – Picanço denuncia abandono da BR-401

0
86
Gabriel Picanço: “Sai muito mais barato mandar patrolar 80 km de estrada que comprar votos nas eleições”

Os produtores de melancia do Município de Normandia – distante 180 km de Boa Vista – estão sem condições de escoar a produção devido às péssimas condições de trafegabilidade da BR-401, após o entroncamento do km 100. A denúncia foi feita na manhã desta quarta-feira (17), da Tribuna, na sessão da Assembleia Legislativa de Roraima, pelo deputado Gabriel Picanço (PSB).

De acordo com o parlamentar, devido às péssimas condições do trecho de 80 km da estrada, que ainda não foi pavimentada, o preço do frete sofreu reajuste de R$ 400,00. “Antes, os caminhoneiros cobravam R$ 600,00 para transportar uma carrada de melancia, hoje cobram R$ 1.000,00. Sei que a rodovia é federal, mas o Governo do Estado tem sua responsabilidade para com esses produtores. Tenho certeza que sai muito mais barato mandar patrolar 80 km de estrada que comprar votos nas eleições”, afirmou.

Ainda segundo Gabriel Picanço, duas motoniveladoras fariam esse serviço em apenas cinco dias, dando totais condições de escoamento da produção de Normandia, que é o maior produtor de melancia do Estado. “Queto pedir aos presidentes da Comissão de Obras e desta Casa, para que intervenham junto ao governador e ao secretário de Infraestrutura, levando essa demanda daqueles produtores”, disse.

O parlamentar disse que se o governador deixasse de pagar as secretarias extraordinárias, “que não têm nenhuma função, nem importância para o Estado”, certamente sobrariam recursos para realizar a recuperação da BR-401 e demais estradas vicinais que se encontram em situação precária no interior do Estado.

Escola abandonada

Picanço iniciou seu discurso informando que, após seu pronunciamento a respeito das péssimas condições sobre o sistema educacional, feito nesta terça-feira (16), recebeu reclamações de pais de alunos sobre a situação da Escola Estadual Diva Lima, localizada no bairro São Francisco.

“A escola encontra-se sem climatização, sendo praticamente impossível aos estudantes assistirem às aulas no horário da tarde. Segundo os pais, a escola dispõe de centrais de ar para serem instaladas, mas os equipamentos estão se deteriorando desde 2010. Gostaria, mais uma vez, de apelar à secretária de educação, Lenir Rodrigues, para que tome as devidas providências no sentido de sanar esses problemas”, afirmou.

Utilidade Pública

Ainda na sessão de hoje, a Comissão de Constituição, Justiça e Redação Final (CCJ) aprovou o Projeto de Decreto Legislativo (PDL) nº 005/2012, de autoria do deputado Gabriel Picança, que torna de utilidade pública a Associação Trindade de Jiu-Jitsu. Agora, o PDL será submetido ao Plenário, provavelmente na sessão desta quinta-feira (18).

A Associação Trindade Jiu-Jitsu possui hoje cinco filiais, em parceria com o projeto social ‘Adote um Atleta Tire uma Criança da Rua’, no Centro, Raiar do Sol, Brigadeiro, Pintolândia e Asa Branca e uma filial da associação no Pará. Além de Jiu-Jitsu, a Associação Trindade incluiu em suas atividades as modalidades boxe, judô, capoeira, luta olímpica e MMA.

WIRISMAR RAMOS – da Redação (e-mail: wirismar@gmail.com)

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA