Comitiva Interministerial visita instalações de abrigos da Operação Acolhida em Roraima

0
198
Ministros chegaram na companhia do governador do Estado Antonio Denarium e de secretários estaduais / Foto: Secom/Gov.RR /

A Comitiva interministerial chegou ao Posto de Triagem da Operação Acolhida, que fica ao lado da sede da Polícia Federal, em Boa Vista, por volta das 14h50 desta quinta-feira, 17, acompanhada do governador de Roraima, Antonio Denarium.

Os ministros visitaram as instalações da unidade e conheceram os atendimentos oferecidos aos imigrantes venezuelanos. Após cumprir agenda de visita no Posto de Triagem da Operação Acolhida, a Comissão visitou o Posto de Informação aos Imigrantes, que funciona ao lado da Rodoviária Internacional de Boa Vista.

O espaço foi inaugurado há quatro meses para orientar imigrantes recém-chegados ao Estado sobre emissão de documentos e regularização. O posto abrange setores auxiliares como guarda-volumes, espaço para crianças, posto de distribuição de donativos e área para pernoite. Pelo menos 50 imigrantes são atendidos por dia.

Em parceria com a Agência da ONU (Organização das Nações Unidas) para Refugiados e a Onu Migração, também são oferecidos atendidos odontológicos e clínicos. Depois de conhecer o Posto, a Comitiva seguiu para o abrigo Rondon 3.

Dando continuidade à agenda de compromissos, às 17 horas está marcada uma reunião com o governador Antonio Denarium, no Salão Nobre do Palácio Senador Hélio Campos, onde serão apresentados dados sobre a atual situação social e econômica do Estado.

A reunião, que também terá participação de representantes dos Poderes Legislativo e Judiciário, além de prefeitos e autoridades convidadas, será restrita aos técnicos dos governos federal, estadual e municipais.

A programação desta quinta termina com uma coletiva à imprensa, às 17h40, onde o governador Antonio Denarium e os ministros apresentarão o balanço das visitas.

PACARAIMA

Nesta sexta-feira, 18, os ministros vão à Pacaraima, por volta das 9 horas, para conhecer as ações desenvolvidas pela Força-Tarefa Logística Humanitária, na fronteira com a Venezuela. Eles retornarão à Capital ao meio-dia.

DA REDAÇÃO

Comentários