Governador entrega armamentos à Polícia Civil e confirma prorrogação da Força Nacional em Roraima

0
73

Armamento foi doado pela Secretaria Nacional de Segurança Pública e a prorrogação da FNS atendeu ao pedido do Governo do Estado


Equipamentos foram entregues na manhã desta terça-feira à Polícia Civil / Foto: Samuel Brandão /

Para reforçar o aparelhamento da Polícia Civil, o governador Antonio Denarium entregou na manhã desta terça-feira, 12, armas e coletes balísticos. Os instrumentos foram doados pela Senasp (Secretaria Nacional de Segurança Pública), como parte de legado dos anos de 2015, 2016 e 2017, pelo fato do Governo de Roraima ter cedido policiais do Estado para comporem a Força Nacional.

A cerimônia ocorreu na Delegacia Geral de Polícia, quando o governador destacou a importância de, mesmo diante das dificuldades orçamentárias, ter os olhos voltados para o aparelhamento e aperfeiçoamento do Sistema de Segurança Pública no Estado. Ele anunciou ainda a confirmação pelo Governo Federal de prorrogação do prazo de permanência da Força Nacional em Roraima por mais 60 dias e de mais 45 dias para o apoio da Força Tarefa de Intervenção Penitenciária.

As duas prorrogações foram divulgadas por meio das Portarias 105 e 106/2019 editadas pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, no Diário Oficial da União nesta terça-feira, 12.

O governador Antonio Denarium informou que foram alocados recursos de emenda de bancada do deputado federal Jonathan de Jesus e Carlos Andrade no valor de R$ 30,8 milhões a serem destinados ao Sistema de Segurança de Roraima. O recurso prevê a aquisição de 120 novas viaturas, 100 motocicletas, 1500 pistolas, 300 fuzis, 1500 coletes balísticos e munições para todas as tropas.

“Com a aquisição de todos esses instrumentos para aparelhar a Segurança Pública, nossa meta é colocar uma viatura em cada bairro da Capital, nas cidades do Interior e em algumas vilas. Com isso teremos a presença da Polícia mais fortalecida nesses lugares”, disse o governador.

DOAÇÕES

Ao todo, foram doados pela Senasp, especificamente à Polícia Civil, 11 coletes balísticos, quatro carabinas Imbel 5,56 lA2, cinco pistolas Taurus, modelo PT 840 ponto 40, além de 15 carregadores Imbel 5,56 e 12 carregadores de Pistolas PT84 ponto 40. Na ocasião foi anunciada ainda a doação de três mil munições ponto 40, por intermédio de articulação do Deputado Federal Nicolett, junto à Polícia Rodoviária Federal. As munições serão distribuídas entre a Polícia Militar (1.200), Polícia Civil (1.200) e Corpo de Bombeiro Militar (600).

Durante a cerimônia, o delegado Geral de Polícia, Herbert de Amorim Cardoso, afirmou que todo investimento que visa contribuir com a atividade policial, reflete na qualidade do serviço prestado.

“A entrega destes materiais reflete na tropa, pois nos dar uma maior segurança em relação ao desempenho das funções exercidas por nossos policiais frente ao combate ao crime organizado. A Polícia Civil não trabalha sozinha. Precisamos da união de todas as forças policiais. Somos uma polícia única e, a cada novo investimento, há um fortalecimento das ações em prol de se proporcionar uma sociedade mais pacífica”, destacou.

O secretário de Segurança Pública, Márcio Amorim, destacou que o material entregue à Polícia Civil é uma doação específica, mas que várias ações estão em execução para fortalecer todo o Sistema de Segurança Pública do Estado.

“Estamos trabalhando para reaparelhar todas as instituições estaduais de segurança, tanto a Polícia Militar, quanto a Polícia Civil, como o Corpo de Bombeiro Militar. As forças de Segurança atuarão de forma integrada para combater a criminalidade, em especial o crime organizado”, destacou.

Obras paradas serão retomadas pelo governo

Outro importante anúncio feito pelo governador Antonio Denarium foi relacionado aos prédios da Polícia Civil que estavam há anos com as obras paralisadas e que serão retomadas.

Trata-se do prédio do 1º Distrito Policial, localizado na Avenida Terêncio Lima, no Centro e, a obra do 2º DP, no bairro Buritis.

“Estamos fazendo um levantamento de todas as obras paralisadas no Governo do Estado para que possamos concluí-las. Nossa meta é concluir as obras paralisadas da Polícia Civil e construir novas delegacias”, afirmou Denarium.

Segundo ele, fortalecer o Sistema de Segurança de Roraima é compromisso de governo e que serão realizadas ações muito importantes para equipar e valorizar a Segurança Pública. “Precisamos ofertar à população uma segurança de qualidade”, reforçou o governador.

DA REDAÇÃO

Comentários