Tribunal de Justiça de Roraima recebe mais 99 jovens para iniciação profissional

0
108

Além de receber apoio, orientação e acompanhamento dentro das unidades do judiciário, os adolescentes recebem também bolsa de R$ 210, originária de repasse do TJRR ao Fundo Municipal de Assistência Social

Com ampliação do Termo de Cooperação Técnica entre TJRR e Município de Boa Vista, o judiciário amplia de 36 para 135 vagas de trabalhos para adolescentes de 15 a 17 anos enviados pela Prefeitura / Foto: Oiran Braga /

Um Termo de Cooperação Técnica para a ampliação de vagas de trabalho voltadas para adolescentes de 15 a 17 anos foi assinado nesta última quinta-feira, dia 6, entre o TJRR (Tribunal de Justiça de Roraima) e a Prefeitura Municipal de Boa Vista, que gere o programa Rumo Certo.

Segundo a secretária de Gestão de Pessoas do TJRR, Bruna França, essa parceria já vinha sendo desenvolvida entre as duas instituições, encaminhando os jovens do programa municipal, para atuação nas áreas administrativas e judiciais do tribunal, ocorrendo agora a disponibilização de novas vagas para o atendimento desse meninos e meninas para iniciação profissional.

“Avaliamos esta ação como muito salutar, pois estamos recebendo força de trabalho jovem e ao mesmo tempo contribuindo para a formação desses adolescentes com apoio no crescimento pessoal, social e profissional”, observou, destacando que a renovação da parceria permitiu a ampliação de 36 para 135 vagas no TJRR.

Segundo dados da Prefeitura de Boa Vista, de todos os parceiros, o TJRR, é o que recebe o maior número de estagiários do Rumo Certo. Para a prefeita Teresa Surita, esse programa contribui acima de tudo para o encaminhamento profissional desses jovens.

“Não se trata de um emprego, mas de um direcionamento na vida de cada um, pois é uma oportunidade de aprendizado e experiência de vida”, declarou.

Além de receber o trabalho de apoio, orientação e acompanhamento na iniciação profissional dentro das unidades do judiciário, os assistidos pelo programa municipal, ainda recebem uma bolsa de R$ 210, originária de repasses do TJRR ao FMAS (Fundo Municipal de Assistência Social).

INCENTIVO À JUVENTUDE

O investimento nos jovens já uma premissa de trabalho dentro do TJRR, que recebe além dos adolescentes enviados pela Prefeitura de Boa Vista, estudantes de Ensino Médio e de Ensino Superior selecionados, por meio de instituições de recrutamento profissional.

Eles atuam nas unidades da Justiça na Capital e Comarcas do Interior e passam por treinamentos e atualizações, promovidas pela Ejurr (Escola do Judiciário de Roraima), recebendo conhecimentos nas áreas de Tecnologia da Informação, Apresentação Pessoal e Etiqueta, Noções de BrOffice, Direitos e Deveres, Segurança de Informação e Relações Interpessoais.

A chefe do setor de atividades de apoio da Secretaria de Gestão de Pessoas, Helen Souza, reforça que o trabalho desenvolvido com estagiários é uma forma de incentivo oferecida pelo TJRR.

“É a iniciação profissional desses adolescentes no mercado de trabalho, proporcionando um crescimento de vida, pois influencia nas áreas pessoal, social e profissional”, declarou.

DA REDAÇÃO

Comentários