Alto Comissário da ONU para Refugiados vem a Roraima

0
189
Além dos abrigos de Boa Vista, Filippo Grandi também irá conhecer a situação dos imigrantes venezuelanos em Pacaraima / Foto: Mohamed el-Shahed – AFP /

Brasília, 12 de agosto de 2019 (ACNUR) – O Alto Comissário da ONU para Refugiados, Filippo Grandi, visita o Chile o Brasil nesta semana (entre os dias 13 e 18 de agosto) para conhecer de perto a resposta humanitária a refugiados e migrantes venezuelanos que têm sido forçados a deixar seu país devido à piora da situação política e socioeconômica, de direitos humanos e da ordem pública.

Esta é a primeira visita de um Alto Comissário da ONU para refugiados ao Chile, e a quinta visita oficial de Grandi à região. 

O Alto Comissário estará em Santiago entre os dias 13 e 14 de agosto para encontros com autoridades nacionais e sociedade civil para avaliar as necessidades humanitárias de refugiados e migrantes venezuelanos, além de explorar soluções para os mais vulneráveis. Ele também encontrará venezuelanas e venezuelanos que buscaram proteção e segurança no Chile. 

O chefe da Agência da ONU para Refugiados (ACNUR) visitará o Brasil entre os dias 15 e 18 de agosto. Seu roteiro no país inclui reuniões com o governo em Brasília e uma visita à Boa Vista e Pacaraima, no Estado de Roraima. Nesta região, ele se encontrará com pessoas venezuelanas que recém chegaram ao Brasil e escutar os riscos que sofreram durante sua jornada.

Ele também terá a oportunidade de conhecer a resposta emergencial que tem sido dada em Roraima, incluindo ações de abrigamento, alimentação, assistência legal para venezuelanos e projetos de promoção à integração local.

Em ambos os países, Grandi encontrará organizações parcerias e principais doadores. No momento em que apelo de US$ 738 milhões para esta resposta humanitária tem apenas 24% de financiamento, o Alto Comissário irá buscar mais apoio da comunidade internacional para os países e comunidades que acolhem refugiados e migrantes da Venezuela.

FONTE: ASCOM/ACNUR

Comentários