MAIS SAÚDE – Compra anual de medicamentos vai garantir abastecimento regular nas unidades de saúde da rede estadual

0
41
Os primeiros carregamentos começam a chegar na próxima semana / Foto: Fernando Oliveira /

Melhorar a qualidade da saúde no Estado é um dos maiores desafios do Governo de Roraima. O desabastecimento de remédios e materiais hospitalares resultou na suspensão das cirurgias, gerando uma grande fila e superlotação nos hospitais do Estado.

Essa realidade começa mudar. Nas próximas semanas chegarão ao Estado os medicamentos da compra anual, o que vai regularizar o abastecimento de remédios nos hospitais da rede estadual.

O investimento feito para a compra desse primeiro carregamento corresponde a R$ 5 milhões. Uma segunda entrega será feita em 180 dias no valor de mais de R$ 7 milhões totalizando os R$ 12.456.406,78 da licitação.

O governador Antonio Denarium enfatizou que oferecer um serviço de saúde de qualidade é um compromisso de sua gestão e com muito trabalho os resultados começam a aparecer.

“Estamos trabalhando diariamente para recuperar a saúde. Já realizamos mais de 700 cirurgias eletivas de pessoas que esperavam há meses na fila. Recentemente distribuímos cadeiras de rodas para pessoas com deficiência. Estamos trabalhando por uma saúde pública melhor e de qualidade”, afirmou Denarium.

Os medicamentos dessa aquisição são os básicos hospitalares, de alta e média complexidades, incluindo anestésicos. Não estão dentro deste processo, os medicamentos quimioterápicos, especializados (excepcionais e alto custo) e que estão sendo licitados.

A diretora da Cegaf (Controladoria Geral de Assistência Farmacêutica) Yonara Varela explica que com a chegada desses medicamentos, o Estado volta a fazer a compra anual de medicamentos que estão na tabela do CMED [Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos] deixando de fazer os processos emergenciais.

“A partir de agora estamos nos enquadrando no processo anual de aquisição de medicamentos. Vamos conseguir manter a compra dos remédios nessa modalidade, sem entrar no emergencial e manter a regularidade do abastecimento”, garantiu.

De acordo com ela, hoje a Cegaf abastece as unidades de saúde do Estado na medida das solicitações, que são feitas semanalmente por unidades da Capital e mensalmente pelas do Interior. Yonara destaca que alguns medicamentos estão com baixo estoque, problema que será resolvido com a chegada desse carregamento.

A secretária de saúde, Cecília Lorenzom, destacou que a aquisição desses medicamentos mostra o compromisso da Sesau em promover licitações regulares, com transparência e aplicação correta dos recursos.

 “Nossa meta é cuidar da nossa população e do dinheiro público com responsabilidade e eficiência. Poderemos atender com mais eficácia a necessidade dos usuários, especialmente nossos pacientes, promovendo pré e pós-operatório de forma adequada, e ainda, otimizar nossas cirurgias, especialmente porque nossos pacientes estão tendo mais conforto por meio do HC (Hospital das Clinicas) com um acréscimo de 72 leitos até o presente momento”, disse.

ENTREGA DE SOROS E ÁLCOOL

Na manhã desta quinta-feira (22) foi descarregada uma carreta com 30 mil soros fisiológicos e 15 mil frascos de álcool 70, que serão distribuídos para as unidades de saúde de acordo com a demanda.

Nas próximas semanas, outro carregamento, desta vez com 40 mil soros fisiológicos, também chegará à Controladoria Geral de Assistência Farmacêutica.

EDUMAR JUNIOR – SECOM/RR

Comentários