Catarina chama a atenção da sociedade para ações de prevenção ao suicídio

0
95
A deputada Catarina Guerra aproveitou o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio para abordar o assunto da Tribuna da ALE-RR, na sessão desta terça-feira, 10 / Foto: Diego Dantas /

Em alusão ao Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio (10 de setembro), a deputada estadual Catarina Guerra (SD) usou a Tribuna da Assembleia Legislativa de Roraima (ALE-RR) na sessão de hoje para lembrar que a responsabilidade quanto ao tema é de toda a sociedade. De acordo com Catarina, as ações de valorização da vida e prevenção ao suicídio devem ser um exercício diário de todos.

Antes de usar a Tribuna a parlamentar participou, juntamente com o deputado Evangelista Siqueira (PT), de uma blitz educativa no semáforo localizado em frente à ALE-RR, para entregar panfletos informativos e a cartilha “Vamos Conversar?”, de prevenção ao suicídio, elaborada pela Comissão de Direitos Humanos, Minorias e Legislação Participativa da ALE-RR, com apoio do presidente da Casa, deputado Jalser Renier (SD).

Catarina iniciou seu discurso relembrando que o pedido de socorro da Prefeitura de Caracaraí, cujo município ocupava o primeiro lugar nos casos de suicídio em Roraima, foi o que a fez tomar a decisão de escolher a valorização da vida como uma das principais bandeiras de seu trabalho parlamentar.

Desde então, foram realizadas diversas ações, como audiência pública, rodas de conversa entre a comunidade e psicólogos, elaboração da cartilha “Vamos Conversar?” que, além de estar sendo distribuída nas escolas da rede pública estadual, também chamou a atenção dos parlamentares de todo o País presentes ao encontro da Unale (União Nacional dos Legislativos Estaduais) em Manaus (AM), em 13 de junho deste ano.

Como resultado disso, no dia 29 do mês passado o presidente da Unale, deputado Kennedy Nunes (PSD-SC), anunciou que a cartilha “Vamos Conversar?” será distribuída em todos os Estados brasileiros. O anúncio foi feito no durante o 3º Seminário Regional de Promoção e Defesa da Cidadania, realizado em Florianópolis (SC).

Antes da sessão, Catarina participou, juntamente com o deputado Evangelista Siqueira, de uma blitz educativa no semáforo em frente à ALE-RR, para entregar panfletos informativos e a cartilha “Vamos Conversar?”, de prevenção ao suicídio / Foto: Diego Dantas /

Caracaraí registra queda no número de tentativas de suicídio

De acordo com Catarina, de janeiro a maio deste ano Caracaraí registrou 15 tentativas de suicídio, mas que após todas essas ações, em agosto foi registrada apenas uma tentativa. “Eu vejo isso como êxito, com olhar de esperança, de que estamos no caminho certo”, afirmou.

A parlamentar ressaltou que não se trata de mérito somente dela, de uma ação isolada, mas sim o resultado da união de cerca de 20 pessoas voluntárias que decidiram fazer a diferença, criaram um grupo de WhatsApp e, com apoio de cinco psicólogos, passaram monitorar os alunos, jovens que estavam propícios a cometer suicídio, realizando a inserção deles na sociedade, fazendo com que se sentissem úteis e acolhidos, deixando de lado esse pensamento suicida.

“Quero parabenizar toda a equipe de Caracaraí que se empenhou e conseguiu esse êxito e tenho certeza que nos próximos meses chegaremos a zero nessas tentativas. Essa tem sido a nossa luta. Também quero agradecer a todos os membros da Comissão de Direitos Humanos, que são parceiros na elaboração da cartilha de combate ao suicídio e ao presidente Jalser Renier, que tem nos apoiado na reprodução desse material para que possa alcançar o maior número possível de pessoas”, complementou.

Ao final de seu pronunciamento, Catarina Guerra exibiu um vídeo da TV Assembleia que mostra a história da estudante Jhenne Yasmin, de 17 anos, que sofreu com depressão, tentou o suicídio e hoje é exemplo de superação.

“As pessoas estão distantes, mesmo estando próximas. A gente tem vivido essa doença do século [depressão] porque está faltando carinho, a gente ser sincero com as pessoas, dar aquele amor, aquele carinho de verdade, do fundo do coração. Vamos valorizar a vida. Você tem valor! Você é especial Não esqueça disso”, enfatizou Catarina.

O próximo evento em alusão ao tema será uma sessão especial agendada para ocorrer no dia 17 deste mês, no Plenário da ALE-RR, a partir das 09h, para debater a campanha de prevenção ao suicídio Setembro Amarelo. A sessão especial está sendo organizada pelos três parlamentares da Casa que abraçaram essa causa: Ione Pedroso, Evangelista Siqueira e Catarina Guerra.

DA REDAÇÃO

Comentários