PRESENCIAL E ELETRÔNICO – Leilão do TJRR tem todos os lotes arrematados já na primeira etapa

0
94

Ao todo, 70 lotes de bens apreendidos que não são mais partes integrantes em processos do TJRR e que não foram reclamados pelos proprietários

Carros, motocicletas, acessórios, bicicletas, telefones celulares estiveram entre os itens leiloados / Foto: Antonio Diniz /

O leilão presencial e eletrônico de bens apreendidos realizado pelo TJRR (Tribunal de Justiça de Roraima), por meio do Fórum Criminal Ministro Evandro Lins, ocorreu na manhã desta sexta-feira, 25 de outubro, e todos os 70 lotes disponibilizados foram arrematados. Os mais diversos itens, divididos entre carros, motocicletas, eletrônicos, acessórios como bolsas e óculos tiveram lances que variaram de R$ 50 a R$ 5.100.

As vantagens de adquirir um bem por meio do leilão, segundo a equipe organizadora, é a ausência de trâmites burocráticos, pois após o arremate o proprietário já deixa o pátio com o objeto adquirido, bastando apenas o pagamento da guia referente ao lance.

A chefe do Setor de Bens Apreendidos, Gicelda Assunção Costa, informou que não haverá uma segunda etapa, pois todos os itens disponibilizados foram arrematados logo nesta primeira edição.

“Os arrematantes [pessoas que adquiriram os bens] têm até três dias para efetuar o pagamento. E neste primeiro momento, a segunda etapa, prevista para o dia 4 de novembro, não será necessária, a não ser que alguém deixe de efetuar o pagamento do lance”, destacou, ao reforçar que o leilão judicial visa promover a destinação dos veículos e objetos que não são mais partes integrantes em processos do TJRR e que não foram reclamados pelos proprietários.

Por meio da modalidade presencial, os interessados participaram do leilão no pátio da empresa organizadora, WR Leilões, localizada na rua Três Marias, número 139, bairro Raiar do Sol. Os que optaram pela maneira eletrônica puderam formalizar os lances por meio do site: www.wrleiloes.com.br. Nesta fase, os itens obedeceram os critérios de preço igual ou superior ao avaliado.

DA REDAÇÃO

Comentários