Denarc retoma atividades de prevenção ao uso e tráfico e drogas nas escolas estaduais

0
168

Ação também será levada as escolas do interior do Estado

O objetivo das palestras é alertar as crianças e adolescentes quanto aos riscos e consequências do uso e comércio ilegal de drogas / Foto: Ascom/PCRR /

A Escola Estadual Airton Senna será a primeira neste semestre a ser atendida com o trabalho do Denarc (Departamento de Narcóticos) da PCRR (Polícia Civil de Roraima) de prevenção quanto ao consumo e tráfico de drogas e das consequências do envolvimento com facções criminosas. A palestra na unidade de ensino começa às 8h e ocorrerá na sala multimídia, assim como nas próximas a receberem a ação. A expectativa é que a iniciativa alcance cerca de setecentos alunos do ensino médio com entre 15 e 18 anos.

A Delegada Geral da Polícia Civil, Giuliana Castro explica que o foco das palestras é a prevenção do uso de drogas entre os adolescentes. “Esse trabalho é extremamente necessária devido ao grande acesso que os adolescentes estão tendo a novas drogas como a skunk e a cocaína, que entram no Estado pela fronteira. Além disso, o aliciamento das facções tem sido uma grande preocupação. A única forma de evitar que isso aconteça é prevenindo e alertando os estudantes sobre o perigo de um caminho sem volta”, concluiu.

O uso de drogas por adolescentes e jovens é um problema que vem crescendo a cada dia, e o que se percebe muitas vezes é o despreparo das pessoas para enfrentar essa situação. Uma abordagem dessa problemática no contexto escolar é necessária, pois possibilita identificar práticas preventivas. A LDB (Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional) prevê a realização de programas e políticas educacionais voltados para prevenção do uso de drogas. Desta forma a PCRR mantém um trabalho de rotina nas unidades educacionais, com ciclo de palestras.

“Existe algumas situações em algumas escolas de adolescentes envolvidos com o uso e tráfico de drogas e tem aqueles que não têm envolvimento, então nosso trabalho é de prevenção”, disse a coordenadora do Núcleo de Narcóticos, a delegada Catherine Aires Saraiva.

O Ciclo de palestras atendem alunos da rede estadual de ensino na capital e no interior. Só no primeiro semestre deste ano foram realizadas 46 sessões de palestras nas escolas públicas estaduais e o alcance foi de 4.164 alunos. No interior, a cidade de Bonfim receberá a equipe de prevenção às drogas, na segunda quinzena de agosto para atender duas escolas.

A novidade para esse semestre é a implantação de um questionário social, com dados do público atendido e a opção de sugestões para que os trabalhos serão aprimorados, será aplicado no encerramento das palestras. “A ideia é conhecer melhor o público e o que sugerem para aperfeiçoar nossa ação”, destacou Catherine.

DA REDAÇÃO

Comentários