Eleito governador de Roraima, Denarium diz que priorizará produção agrícola e pecuária

0
425

Empresário foi eleito com 136.612 votos votos válidos, com 100% das urnas apuradas na noite deste domingo (28), derrotando Anchieta Júnior (PSDB), com 17.123 votos a mais

Antonio Denarium (PSL) comemora vitória com familiares e amigos em Boa Vista / Foto: Inaê Brandão – G1RR /

O governador eleito de Roraima, Antonio Denarium (PSL), afirmou na noite deste domingo (28) que sua gestão irá priorizar a produção agrícola e pecuária do estado. “Produção de alimentos é a vocação de Roraima”, afirmou o empresário.

A declaração foi dada minutos após a divulgação do resultado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), às 19h30 (horário local). Com 100% das urnas apuradas, Denarium recebeu 136.612 dos votos válidos. O ex-governador do estado, Anchieta Júnior (PSDB) foi derrotado e obteve 119.489 votos, o equivalente a 46,66%.

Durante o pronunciamento, o governador eleito afirmou que ainda não definiu a equipe que fará parte de sua gestão.

“Não loteei nenhuma secretaria, não loteei nenhum cargo de secretário. Vou me reunir agora com a nossa bancada federal e estadual, com os servidores públicos e as lideranças e escolher nomes técnicos que estejam vinculados com os nossos propósitos”, disse.

Segundo ele, começa nesta segunda-feira (29) o trabalho para a composição da equipe do novo governo que vai administrar Roraima de 2019 a 2022.

Denarium disse ainda que espera um diálogo próximo com o presidente eleito Jair Bolsonaro, que é do mesmo partido. O futuro governador afirmou que já tratou com Bolsonaro sobre a questão energética do estado, segurança pública e que tem projetos para ‘resolver todos os entraves do estado de Roraima’.

“O estado está destruído. Já temos planos para melhorar o nosso atendimento da saúde, na educação, na segurança pública e atualizar a folha de pagamento dos nossos servidores. Vamos, junto com o Governo Federal reavaliar e repactuar a dívida pública para que o governo do estado possa ter um oxigênio para começar uma nova gestão”.

FONTE: PORTAL G1RR

Comentários