*

links

*

mídias

ELETRIFICAÇÃO RURAL – Comunidades indígenas de Normandia ganham energia 24 horas

3 dez 2017 | 0 comentário

As comunidades de Canavial, Escondido e Camará passam a ter energia estável e de qualidade

Inauguração ocorreu neste sábado, 2, na comunidade do Canavial, região da Raposa / Foto: William Roth /

Ter acesso aos benefícios que a energia elétrica traz no dia a dia agora já é uma realidade para comunidades indígenas na região da Raposa, no município de Normandia, no nordeste de Roraima. As comunidades do Canavial, Escondido e Camará passaram a ter, a partir deste sábado, dia 2, energia estável e de qualidade, beneficiando centenas de famílias.

Os recursos para a implantação da energia elétrica nas comunidades indígenas são oriundos do Ministério da Defesa, por meio do programa Calha Norte, através de emenda parlamentar do deputado federal Édio Lopes e contrapartida do Governo do Estado, num total de R$ 1.712.813,49 em investimentos.

O projeto contempla a instalação de estações geradoras, transformadores e rede de distribuição em média e baixa tensão. Também foi feita toda a interligação elétrica da rua até as residências e instalado o kit padrão nas casas, contendo bicos de luz e tomadas.

A governadora Suely Campos enfatizou que a energia nas comunidades indígenas do Canavial, Camará e Escondido vai melhorar a vida dos moradores. “Imaginem ao que essas comunidades terão acesso. Esse gerador está previsto gerar o dobro do que está sendo oferecido hoje. Então, é energia para muito tempo, uma obra muito bem feita. É um momento em que estamos comemorando essa grande conquista com as comunidades dessa região”, disse.

Ela destacou ainda os benefícios trazidos pela energia, entre eles, a conexão com a internet e a possibilidade de as crianças estudarem à noite. “O cidadão poderá ter a sua geladeira para melhor acondicionar seus alimentos. É uma conquista justa para essas comunidades”, frisou Suely Campos.

Para o deputado Édio Lopes, a inauguração da subestação que servirá às comunidades será um ponto de referência. “É desse ponto aqui que deveremos avançar em inúmeras outras obras que levarão energia elétrica a tantas outras comunidades, não só aqui no município de Normandia, mas também no município de Uiramutã”, garantiu.

“Há quase dois séculos desde que Thomas Edison ligou a primeira lâmpada é que estamos entregando um beneficio tão necessário. Todo esse tempo para que essas comunidades pudessem ter o direito de desfrutar dos benefícios da energia elétrica. Estamos corrigindo essa injustiça”, ressaltou Édio Lopes.

De acordo com o secretário estadual de Infraestrutura, Gregório Almeida, a obra é de grande relevância para as comunidades indígenas da região, que nunca tiveram acesso à energia elétrica e, agora, passarão a contar com esse benefício.

“A chegada da energia elétrica 24 horas vai minimizar o sofrimento dos moradores dessas comunidades e potencializar o desenvolvimento da região, além de garantir maior desenvolvimento da agricultura local e o funcionamento de estruturas básicas como escolas e unidades de saúde”, destacou.

O prefeito de Normandia, Gute Brasil, destacou a importância da parceria do Governo do Estado com o deputado Édio Lopes. “A iluminação vem melhorar a vida das pessoas das comunidades indígenas. Como gestor, só tenho que parabenizar e agradecer esses apoios. Muda a vida, não só no conforto como também na produção, na saúde. É um benefício para todos os moradores”, afirmou.

O tuxaua da comunidade Canavial, Hélio Januário Lima, afirmou que a eletrificação chegou em boa hora. “Vai beneficiar 150 famílias aqui no Canavial. A chegada da energia muda a qualidade de vida e as comunidades poderão gerar renda. Favorecerá principalmente as escolas. Temos equipamentos como computadores que agora vão funcionar e os nossos professores poderão estudar daqui mesmo via internet. Um avanço grande”, disse.

Quem também ficou feliz foi a moradora da comunidade Canavial, Deliene Lima Paulino, mãe de seis filhos. Para ela, a chegada da eletrificação rural é uma demonstração de dias melhores. “Quero dizer que fico muito feliz com a chegada da energia, porque estamos aqui há muito tempo isolados. A energia vai trazer melhorias para a comunidade”, ressaltou.

DA REDAÇÃO

Os comentários estão desativados.

//

Enquete

Sorry, there are no polls available at the moment.

Criado por:

Israel Dantas

FatoReal: Notícias, críticas, denúncias, ideias e devaneios

© Copyright 2010-2012 FATOREAL - Todos os direitos reservados!

Orgulhosamente feito em wordpress