NO SINTER – Candidatos ao Governo de Roraima apresentam hoje, 18, propostas na Educação a trabalhadores

0
233
O encontro entre Denarium, Anchieta e os trabalhadores da Educação começa às 20h, na sede do sindicato, em Boa Vista / Foto: Divulgação /

O Sinter (Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado de Roraima) realiza nesta quinta-feira, dia 18, a partir das 20h, na sede do sindicato (Av. Santos Dummont, 2.018, 31 de Março), um Encontro com os dois candidatos ao Governo do Estado, Antonio Denarium (PSL) e José de Anchieta (PSDB), quando eles apresentarão aos trabalhadores as suas propostas na área de Educação.

De acordo com o diretor geral do Sinter, Flávio Bezerra, o sindicato foi procurado pelas assessorias dos dois candidatos. Foi entregue uma pauta de reivindicações das demandas de professores e técnicos e protocolada a solicitação de debate no sindicato com ambos.

“Deixamos claro aos dois candidatos que a posição do Sinter não será de pedir votos para nenhum, e que estaremos, sim, na luta pelos direitos da categoria expressos na pauta”, esclarece Flávio Bezerra.

Conheça as principais pautas de reivindicação dos trabalhadores em Educação:

– Finalização do Enquadramento dos professores na Lei 892-2013;
– Concurso público para as vagas remanescentes após o Enquadramento;
– Criar o Plano de Carreira dos Técnicos da Educação (PCCR-DEB);
– Pagamento dos retroativos das progressões e atualização das que já foram concedidas;
– Pagamento dos retroativos das progressões horizontais já contempladas nas portarias já publicadas;
– Pagamento dos 45 de férias do ano em exercício (2018);
– Devolução dos descontos indevidos no IPER;
– Vale Alimentação;
– Pagamento dos Trabalhadores em Educação até o 1º dia útil do mês;
– Suprir as escolas com materiais didáticos necessários para o desenvolvimento das atividades pedagógicas;
– Destravar os processos de aposentadorias solicitadas pelos professores ao IPER;
– Oferecer cursos de capacitação (especialização, mestrado e doutorado) aos trabalhadores em Educação por meio do CEIA e da UERR;
– Reforma das escolas em situação precária;
– Eleição de diretores de escola com gestão colegiada;
– Ampliação da equipe gestora com acréscimo de psicólogo;
– Continuação do curso do Pro-funcionário;
– Pagar as gratificações de Adicional Noturno, Periculosidade, Insalubridade, conforme a Lei;
– Reajuste do Abono Pro-funcionário;
– Cumprimento da Data-Base com aumento real acima da inflação.

DA REDAÇÃO

Comentários