Remídio destina mais de R$ 30 milhões no orçamento de 2019 para Roraima

0
133
Remídio Monai: “Nosso compromisso é priorizar áreas mais sensíveis como saúde, educação e segurança; dessa forma, vamos promover as melhorias necessárias para os municípios e para nossa população” / Foto: Alice Andrade /

Nesta quinta-feira, 8, o deputado federal Remídio Monai (PR-RR) apresentou as propostas das emendas individuais de execução obrigatória ao projeto de Lei Orçamentária Anual (PLN 27/18) para 2019. Foram indicadas 10 emendas, que ultrapassam 30 milhões para serem investidos nas áreas da saúde pública, educação, segurança, infraestrutura e direito da pessoa com deficiência.

Remídio Monai afirma que a saúde pública é um ponto crítico do Estado. O deputado destinou R$ 7,7 milhões, através das emendas individuais, que serão utilizados no incremento dos serviços de assistência hospitalar e ambulatorial no estado de Roraima.

“Conheço a gravidade da crise que Roraima atravessa e entendo que é preciso ajudar o governo estadual na alocação dos recursos para investimento e custeio das despesas nas unidades hospitalares. Nos últimos quatro anos, fui um dos parlamentares que mais contribuiu com a saúde, a fim de promover as melhorias necessárias à população”, assegurou Monai.

Dentre as prioridades do parlamentar, foram contemplados os programas de prevenção e combate às drogas. Para a educação, o deputado direcionou emendas para reestruturação e modernização das Instituições Federais de Educação Profissional e Tecnológica.

A segurança pública também foi beneficiada com o aporte de R$ 4 milhões para o fortalecimento das ações no estado. Na área de infraestrutura urbana e rural foi destinado o valor de R$ 2,6 milhões, através do Programa Calha Norte (MD). Os recursos atenderão diversos municípios de Roraima, com projetos de urbanização, eletrificação rural, construção de pontes, recuperação de vicinal, entre outros.

Remídio Monai destinou ainda recursos para política voltada à pessoa com deficiência. O parlamentar defende a necessidade da estruturação dos 15 conselhos nos municípios de Roraima.

“Roraima conta apenas com um conselho estadual que atua na proteção e a promoção de direitos das pessoas com deficiência. É o único estado da federação que não possui uma estrutura de conselhos municipais. Precisamos discutir alternativas que garantam assistência da população nas áreas rurais e comunidades indígenas”, salientou o deputado.

Emendas de Bancada

A bancada federal de Roraima destinou recursos para saúde, educação, segurança e infraestrutura nas seis emendas impositivas ao orçamento de 2019. Este ano, dos R$ 169 milhões previstos por estado, foram destinados R$ 60 milhões para as Unidades de Atendimento de Média e Alta Complexidade Ambulatorial e Hospitalar. Remídio Monai, juntamente com o deputado Abel Mesquita, apresentaram indicação de R$ 30 milhões para o incremento da saúde de Roraima.

As propostas serão submetidas à análise dos relatores setoriais e, posteriormente, pelo relator geral do orçamento que está sob a responsabilidade do senador Waldemir Moka (MDB-MS). A proposta orçamentária deve ser votada até o dia 22 de dezembro, último dia dos trabalhos do Congresso, segundo a Constituição.

DA REDAÇÃO

Comentários