Romero Jucá não se reelege em Roraima após três mandatos consecutivos

0
273

Jucá perdeu a vaga no senado para Chico Rodrigues (DEM) e Mecias de Jesus (PRB)

Jucá não se reelegeu senador após três mandados / Foto: Bernardo Caram – G1 /

O presidente nacional do MDB, Romero Jucá, não se reelegeu senador por Roraima neste domingo (7), após três mandados consecutivos. Os eleitos foram Chico Rodrigues (DEM) e Mecias de Jesus (PRB).

O senador oscilou entre a terceira e quarta colocação nas pesquisas Ibope divulgadas pela Rede Amazônica Roraima e pelo G1 até sexta (5).

Jucá ocupou o cargo de senador por Roraima durante 24 anos e foi líder de quatro presidentes da república. Ele recebeu 434 votos a menos que o segundo colocado, Mecias de Jesus.

Histórico

Jucá começou a carreira política no governo do estado de Pernambuco e, em 1986, presidiu a Fundação Nacional do Índio (Funai).

Governou o recém-criado estado de Roraima entre 1988 e 1990 por nomeação do presidente José Sarney e se elegeu senador pelo estado em 1994, 2002 e 2010.
Foi líder do governo no Senado designado pelos presidentes Fernando Henrique Cardoso, Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff.

Ele também foi líder no governo de Michel Temer até 27 de agosto de 2018, quando deixou a liderança por não concordar com a forma como o Palácio do Planalto conduzia a crise dos imigrantes venezuelanos em Roraima.

Investigações

O senador é investigado em 12 inquéritos. Dos processos, sete são no âmbito da Operação Lava Jato, um na Operação Zelotes, um de Belo Monte, um da Transpetro, além de outros dois.

FONTE: G1RR

Comentários