DOE SANGUE – Começa programação da Semana Nacional do Doador Voluntário de Sangue

0
201
A campanha recebeu um reforço extra: a Polícia Rodoviária Federal também entrou na parceria / Foto: Sesau-RR /

A recepção para quem foi doar sangue na manhã desta segunda-feira, 26, foi musical. Ativistas voluntários da EMAP (Embaixada Mundial dos Ativistas pela Paz) organizaram uma apresentação musical no Hemoraima (Centro de Hemoterapia e Hematologia de Roraima) para receber e convocar os doadores para a Semana Nacional do Doador Voluntário de Sangue.

A parceira da EMAP com o Hemoraima existe desde 2013. “Nosso objetivo é estabelecer uma cultura de doação voluntária. Somos cerca de 200 ativistas em Roraima e sempre que o Hemocentro precisa de doadores nós entramos em campo”, explicou Luciene Marques, coordenadora regional da EMAP em Roraima.

Esse ano a campanha recebeu um reforço extra: a PRF (Policia Rodoviária Federal) também entrou na parceria, e o que era uma ação local foi seguida pela PRF em todo o país. Quem doar sangue essa semana, pode fazer uma selfie e postar no Instagram com a #doaçãoPRF2018. As melhores imagens serão postadas no perfil oficial da PRF, que tem mais de 200 mil seguidores.

Os policiais aproveitaram a divulgação da parceria para doar sangue. “Sou doador há 8 anos, mas é a primeira vez que faço a doação aqui em Roraima. É um sentimento de gratidão, pela certeza de que estamos ajudando outras pessoas”, disse um dos agentes presentes na divulgação.

Na tarde desta segunda-feira será realizada uma panfletagem com a equipe da EMAP, em frente ao Hemocentro, a partir das 16h. “Nós desenvolvemos o Programa Educativo Comunicacional, com o lema ‘No sangue está a vida, doando a seiva da vida’. Com isso defendemos a importância do ato de doar sangue, e trabalhamos isso em 20 Estados brasileiros”, completou Luciene Marques.

DIA D

Na quarta-feira, 28, será realizado o Dia D da Semana Nacional do Doador Voluntário. Haverá doação de vários grupos de órgãos e entidades, entre eles, da PRF. Além disso, a partir da 9h, será realizada uma panfletagem em parceria com os integrantes do Programa Cidadão do Futuro, desenvolvido pelo Detran-RR (Departamento Estadual de Trânsito de Roraima) e a Setrabes (Secretaria Estadual do Trabalho e Bem Estar Social).

ESTOQUE BAIXO

Atualmente, o banco de sangue do Hemoraima encontra-se em estado crítico. Todas as tipagens sanguíneas estão em níveis bastante baixos, principalmente o tipo O–, considerado como doador universal, ou seja, pode ser transferido para todos os outros tipos sanguíneos.

“É necessário que a doação seja fortalecida pois, com o nosso atual estoque, se houver demanda constante de sangue nas unidades hospitalares do Estado, não poderemos atender esses pacientes”, alertou Edna Félix, Assistente social do setor de captação de doadores do Hemoraima.

QUEM PODE DOAR?

O candidato a doador de sangue precisa ter mais de 50 kg e não deve estar em jejum no dia da doação, mas é preciso evitar a ingestão de alimentos gordurosos até 2h antes da coleta. O adolescente a partir de 16 anos de idade, acompanhado pelos pais ou responsável legal, também pode ser um doador de sangue. Para quem já é doador assíduo, a idade permitida é até 69 anos.

Pessoas com febre, gripe ou resfriado não podem doar temporariamente, assim como grávidas e mulheres no período pós-parto. Nas duas horas que antecedem ao procedimento, o voluntário preenche um cadastro e em seguida é avaliado clinicamente. Se não houver nenhum obstáculo clínico, a coleta é realizada logo em seguida.

DA REDAÇÃO

Comentários