Roraima ampliou unidades de testagem para HIV/AIDS

0
98
O Brasil comemora neste ano 30 anos do Dia Mundial de Luta Contra a Aids, celebrado hoje, 1º de dezembro / Imagem: Divulgação /

Atualmente, mais de 1500 pessoas vivem com HIV no Estado de Roraima. A capital Boa Vista tem o maior número de casos de pessoas que vivem com vírus. Nos últimos quatro anos já foram registrados 1.248 casos. Apesar do número de pessoas que vivem com HIV no Estado ter aumentado em um ano, o resultado, ainda assim, é positivo.

Para Valdirene Oliveira, gerente de Núcleo de Infecções Sexualmente Transmissíveis da Secretaria Estadual de Saúde de Roraima, isso significa que a busca pela testagem está mais frequente na população e consequentemente descobre-se mais rapidamente sobre a sorologia.

“Esse ano, nós ampliamos muito a questão da testagem e diagnóstico, então, consequentemente, a gente aumenta o número de pessoas que foram diagnosticadas, e trabalhamos também a questão da notificação. Então isso contribuiu também com esse aumento e a gente vê isso nos números. Quando eu aumento o diagnóstico, melhoro a notificação e amplio o acesso a testagem, eu vou ter um número mais alto porque vamos diagnosticar mais.”

Neste ano, o Brasil comemora 30 anos do Dia Mundial de Luta Contra a Aids, celebrado em primeiro de dezembro. Em Roraima, as ações já começaram. A Secretaria de Saúde do Estado ampliou as unidades de testagem.

Atualmente, o teste rápido, que mostra o resultado, feito em até 30 minutinhos, está em todos os hospitais, postos de saúde e nos centros de testagem e aconselhamento dos 15 municípios do estado.

Nesta sexta-feira, 30, um laço vermelho de quatro metros foi colocado em frente à sede da Vigilância de Saúde e ficará durante todo o mês de dezembro para reforçar a conscientização da luta contra a Aids.

Da década de 1980 pra cá, foram muitos os avanços. A rede pública começou a oferecer tratamento de forma gratuita para as pessoas que vivem com HIV, os antirretrovirais já estão sendo simplificados, como o famoso 3 em 1, que são três comprimidos em apenas um, e até mesmo as formas para descobrir a sorologia. A Secretaria de Saúde do Estado de Roraima também reconhece as vitórias e conquistas dos últimos anos.

“São 30 anos de luta na questão de direitos e diagnósticos, mas foram 30 anos também de muitas vitórias importantes, melhora na qualidade de vida, acesso aos antirretrovirais e diagnósticos com resultados mais rápidos, redução dos óbitos. São muitas coisas para comemorar e precisa ser comemorado mesmo.”

Essa luta não para e é de todos os brasileiros. Use camisinha, conheça as outras formas de prevenção combinada no SUS e proteja-se. 30 anos do Dia Mundial de Luta Contra a AIDS. Uma bandeira de histórias e conquistas. Saiba mais em aids.gov.br. Ministério da Saúde, Governo Federal.

FONTE: AGÊNCIA DO RÁDIO

Comentários