PECULATO – Polícia investiga uso de indígena como “laranja” em folha de pagamento do Governo de Roraima entre 2009 e 2011

0
424
Atualmente a dívida ultrapassa R$ 15 mil reais e é cobrada pela Receita Federal / Foto: Divulgação /

A Polícia Civil de Roraima (PCRR), instaurou um inquérito criminal para investigar um crime de lavagem de dinheiro, onde um indígena morador do município de Normandia, supostamente foi vítima entre os anos 2009 a 2011.

O crime foi descoberto por acaso, quando a vítima recebeu a informação que seu nome estava em protesto de uma dívida no valor de R$ 15.930,00 (quinze mil, novecentos e trinta reais) referente ao imposto de renda decorrente do pagamento de salário pelo Governo do Estado de Roraima, sendo que nunca recebeu nenhuma remuneração ou mesmo tenha desempenhado atividade laboral nesse período.

A apuração é um pedido do MPE (Ministério Público do Estado), por meio da Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Público que enviou cópias para a Delegacia Geral da Polícia Civil. Segundo o MPE, o fato, tem fortes indícios de prática do delito previsto no art. 312 do Código Penal (Peculato).

O caso agora segue em investigação criminal para saber quem utilizou os documentos pessoais da vítima para inseri-lo na folha de pagamento do Estado, quem abriu a conta bancária para receber os proventos e se utilizou de documentação falsificada. Para o MPE e PCRR há provas que o indígena tenha sido utilizado como “laranja” para apropriação ilícita de terceiro.

FONTE: PCRR

Comentários